sábado, 19 de abril de 2014

Entrevista com Cristina de Azevedo

Oi gente, depois de um tempinho sem postar entrevistas, volto com uma bem misteriosa, sobre a lenda das Cataratas! O livro Nacqua - o reino escondido. 



Esse é seu primeiro livro?

Sim. Nacqua é meu primeiro livro.

Achei muito interessante e fiquei curiosa para conhecer mais sobre os mistérios que envolve As cataratas do Iguaçu, parte do Brasil tão bonita e atraente para muitos. O que te inspirou a escrever uma ficção sobre esse lugar?

As Cataratas do Iguaçu foi um dos lugares que mais visitei durante toda minha infância, e a cada visita crescia a certeza de que se tratava de um lugar mágico. Você pode ir dez vezes até lá, nunca será igual e a energia que a pessoa sente quando esta diante de toda aquela magnitude é algo que não pode ser explicando. E com a certeza de que o lugar esconde algo muito maior do que nossos olhos podem enxergar, mistérios, foi assim que Nacqua nasceu.

Qual a diferença do amanhã em Nacqua e na vida real de Larissa, se o amanhã pode não existir para qualquer um?

De fato, o amanhã pode não existir para qualquer um, mas embora seja assim a maioria das pessoas passam pela vida sem nem se dar conta desse mero detalhe, já outras pessoas passam por traumas e situações que a fazem perceber que a cada momento pode ser o ultimo, mas fora de tudo isso, e se tivesse que viver com a incerteza do amanhã, com a sentença de morte para cada pessoa que ama, inclusive a sua, sabendo que apenas um erro pode colocar o ponto final em tudo, sem saber o momento a qual tudo pode estar perdido.  





Como Nacqua chegou a vida de Larissa? Tem alguma relação com sua busca pela paz?

Larissa nunca imaginou que existisse um lugar como Nacqua, por isso foi uma total surpresa para ela, que chegou a pensar que estava ficando louca. Em uma vida normal Larissa queria a paz, como nacquaniana essa busca ficou ainda mais importante, por que agora não era só a sua tranqüilidade que estava em jogo, mas sim de varias pessoas que dependiam dela.

O que mais marcará na vida da protagonista quando conhecer esse lugar tão misterioso? Essa lenda de fato existe?

O que mais vai marcar a protagonista é as injustiças que existe em um lugar que deveria ser um sonho, mas que em pouco tempo consegue se tornar um pesadelo. A lenda das cataratas realmente existe, esta disponível em vários sites na internet, quem quiser conhecer basta apenas digitar em um site de busca que encontrará.

Como você vê o mundo literário?

Eu vejo o mundo literário como um grande campo a ser desbravado. Sei que a situação é complicada, mas não gosto de ficar focando nas coisas negativas. Ao invés disso prefiro tentar descobrir o que eu posso fazer para mudar a realidade.

Cristina, deixe um recadinho para os autores iniciantes.

Qualquer profissão no começo é difícil, ser escritor iniciante não é diferente, mantenha o foco, seja humilde, procure sempre aprender e acima de tudo não desista.

Onde podemos encontrar seu livro?



Nacqua será lançado na bienal de São Paulo, estarei presente no dia 29 de agosto as 15 horas no stand da MODO editora. Desde já deixo o meu convite para que todos compareçam.